De torcedor para torcedor – Site não oficial

Técnico de QBs (Greg Knapp) responde algumas perguntas

27/06/2013 - 18:00


Greg Knapp

Após os primeiros treinamentos do Denver Broncos, na preparação para a temporada 2013, o recém contratado técnico de quarterbacks, Greg Knapp, responde algumas perguntas sobre o novo desafio, os jovens quarterbacks e como é trabalhar com Peyton Manning.

Como tem sido os primeiros meses de trabalho?
“O trabalho tem sido muito bom. Eu adoro o ambiente em que estamos trabalhando, desde o dono do time até embaixo. Nós temos muitas expectativas e estamos recebendo todo o suporte necessário para alcançá-las e é muito excitante fazer parte de tudo isso. Me recorda o começo da minha carreira na NFL, quase 20 anos atrás em San Francisco, onde es expectativas também eram grandes e recebíamos todo o suporte necessário.”


Como é chegar para trabalhar num novo time tendo como quarterback um futuro jogador do Hall da Fama?

“Tem sido um grande mimo e esse é o segundo que trabalho junto. Eu comecei minha carreira com Steve Young, então eu adorei esse novo desafio. Peyton é um dos maiores quarterbacks cerebrais que já jogou, então como técnico isso ajuda muito e te faz melhor. Os recursos que eu posso oferecer para ele através das experiências de trabalho que tive com muitos quarterbacks, identificar certas defesas ou trabalhar no movimento dos pés, progressões que vão beneficiar o seu jogo. Eu tenho prazer em ver o quão bem ele tem aceitado meus conselhos pois algumas vezes um “cachorro velho não quer aprender novos truques”. E isso não tem acontecido com Peyton. Ele sempre escuta e então me dá um motivo para fazer ou não alguma coisa, que eu certamente entendo. Tem sido, de longe, um bom relacionamento.”

Greg Knapp

Brock Osweiler, o futuro da franquia, sob olhares atentos dos técnicos durante os treinamentos.


Existe alguma similaridade entre Peyton Manning e Steve Young que você percebeu?

“A parte mental do jogo é muito similar. Ambos são muito bons em tomar decisões, ambos são muito precisos nos passes. A grande diferença é que Peyton ajusta mais as proteções que Steve Young fazia, e eu estou muito impressionado em como ele entende defesas , identifica necessidades de proteção e ajusta a linha ofensiva. Em última análise, é a competitividade, e é por isso que você entende porque um é jogador do Hall da Fama e o outro é um futuro jogador do Hall da Fama. Eles nunca querem perder e sempre encontram respostas para tudo.”


Como Brock Osweiler tem se saído na pré temporada?

“Tem sido muito bom, mesmo com apenas 10 OTAs e 5 minicamps, de ver o seu progresso desde que eu comecei. Eu acredito que o trabalho de pés ajuda na melhora da precisão no jogo de football e desacelera o seu relógio interno na hora da tomada de decisão nas jogadas. Ele tem sido uma esponja absorvendo todos os ensinamentos, tem aplicado isso nos treinos e já conseguimos ver alguns dos benefícios disso no pouco tempo que tivemos juntos.”


O que você tem visto do Zac Dysert?

“Eu adoro a sua habilidade de fazer jogadas darem certo (na universidade). Ele pode criar jogadas com suas pernas e se mover para fora do pocket. Ele é uma esponja agora, ele está escutando, aprendendo e o que eu mais gosto, e o que você sempre procura em um jovem jogador, ele não está cometendo o mesmo erro duas vezes. Eu estou vendo um bom progresso vindo dele também.”


Como tem sido a química entre os jovens jogadores e o Manning?

“Com o Peyton lá, o que você acha? É muito bom. Tem sido muito bom ver Peyton gastar algum tempo para ajudar os jogadores novos. Ele é muito consciente em tentar passar algumas coisas para os jovens e ajudar a acelerar suas carreiras.”

 

Este post não necessariamente representa a opinião
do BroncosBrasil.com, mas unicamente de seu autor.

2 comentários

  • Rezo todas as noites pra que o treinador de QBs esteja realmente dando uma atenção especial ao Brock este ano, e até que o coloque pra jogar mais vezes que no ano passado… Afinal, todos sabemos a capacidade do Manning, mas também sabemos que ele não dura mais muito tempo….
    Já vi analistas falando que esta temporada é, na melhor das hipóteses, a penúltima dele…
    E se pintar uma lesão aí… a casa cai.

    • Concordo com vc. E gosto da evolucao do Brock ate aqui.. na preseason vamos poder ver bastante =)

Deixe seu comentário


um × 9 =

Curta o BBr no Facebook

Aposta 10

Comentários +Recentes

Grupo do Facebook

Siga o BBr no Twitter