De torcedor para torcedor – Site não oficial

[BMF] Preseason 2 – Denver @ Seattle

21/08/2013 - 14:05


[BMF] Preseason 2 - Denver @Seattle

Olá a todos novamente. Começando o segundo “O Bom, O Mau e O Feio” da temporada, que na verdade, se tivesse o nome de apenas “O Feio”, descreveria bem melhor o que foi o jogo contra o Seahawks nessa segunda semana da Preseason. Fora o lance da foto, o primeiro Touchdown de Wes Welker pelo Denver Broncos, o jogo foi muito feio para nós.

Lesões, turnovers, big plays permitidas, falhas individuais, quase tudo deu errado para nosso time, o que resultou numa acachapante derrota por 40 – 10, a  maior sofrida num jogo de Preseason nos últimos 31 anos. Mas vamos ver o que podemos tirar de lições, certo?

Pra começo de conversa, falaremos de algo positivo: Peyton Manning + Wes Welker = Touchdown. Se até ano passado tínhamos certa raiva de ver Welker marcar com tanta facilidade, este ano ele está do nosso lado. E se no primeiro jogo da Preseason nosso ataque não fluiu bem, neste segundo pudemos ver que Manning e Welker estão na mesma página. Além disso, Demaryius Thomas e Eric Decker continuam mostrando segurança e evolução em relação à temporada anterior, e Julius Thomas, apesar do fumble, foi o principal alvo durante toda a noite, tendo recebido todos os passes enviados em sua direção.

Manning conseguiu conduzir três ótimas campanhas seguidas, a primeira jogada fora pelo fumble de Thomas, a segunda resultando no TD de Welker, e a terceira resultando num fumble horrível de Ronnie Hillman (o segundo da noite) na linha de meia jarda. Aliás, falando em Hillman, mais uma vez nosso jogo corrido não deu muito certo, apesar de apresentar melhora.

Descontando como sempre a corrida mais longa de cada RB, Hillman teve uma média de 2,25 jardas por carregada, Montee Ball foi melhor que no último jogo, com 4 jardas de média, e Lance Ball foi simplesmente ridículo, com meia jarda negativa por carregada (descontando sua única boa corrida, de 7 jardas). CJ Anderson fez falta. Pra se ter uma ideia de como o jogo corrido foi ruim, Brock Osweiler teve uma corrida de 14 jardas fugindo do pocket, e ganhou um first down. Essa foi a maior corrida da noite por um Bronco.

Já nosso ataque reserva continuou lamentável. Brock mostrou realmente que evoluiu na preseason, mas não o suficiente para conduzir o time até a endzone. Num determinado momento do jogo, Trindon Holliday retornou um punt até a linha de 5 jardas (que foi parar na de 10 por causa de uma falta), e não conseguimos marcar, tendo que nos contentar com Field Goal.

No lado defensivo da bola, mais uma vez falhamos no Pass Rush. Elvis Dummervill vem fazendo falta, pelo menos por enquanto. É claro que a horrível lesão sofrida por Derek Wolfe abala o emocional do time todo, mas são coisas que acontecem no football, e precisam ser superadas. Danny Trevathan foi a maior força defensiva, com 7 tackles, mas também errou vários, tanto jogando pela defesa quanto no Special Teams. Permitimos que o ataque corrido do Seattle nos dominasse, mesmo sem “Beast Mode” Marshall Lynch em campo (ele tentou duas corridas, pra uma jarda).

Na verdade, tanto o jogo aéreo quanto terrestre de Seattle passaram por cima da defesa que foi a segunda melhor da NFL ano passado. Ao contrário de 2012, no qual fomos dominantes, especialmente em terceiras descidas, não fizemos pressão alguma sobre o ataque deles. Pra se ter uma ideia, o primeiro punt de Seattle veio no terceiro quarto, quando o ataque reserva estava em campo. Todas as posses de bola do ataque titular, liderado por Russell Wilson, terminaram em pontuações.

Já o Special Teams foi ridículo. Não sei se é alguma coisa que o coordenador de Special Teams vem tentando, não sei se é mudança de jogadores, não sei se é pelo foco estar perdido. Mas não podemos ter tantos tackles perdidos. E na hora de retornar, em diversas ocasiões alguém errou um bloqueio que permitiria ao retornador levar a bola pra casa, e tivemos que nos contentar com uma posição mais desfavorável do que o possível. Como nota positiva, Holliday tem tomado decisões melhores sobre partir ou não com a bola, e mais uma vez terminou o jogo sem soltar a carne, mesmo na jogada em que recebeu-a no ataque.

Enfim, sei que é apenas Preseason, mas é algo a se levar em conta o fato de termos levado 27 a 7 enquanto os times titulares estavam em campo. E isso só no primeiro tempo. Precisamos começar o jogo mais fortes, mais ligados, e nossa defesa precisa voltar a reinar. Com as lesões e a suspensão de Von Miller, o terceiro jogo da Preseason será uma incógnita, mas esperamos que nossos defensores, principalmente, vão melhor.

And now, as premiações do jogo:

O Bom, o Mau e o Feio

 

O-Bom

O vencedor d’O Bom da segunda partida da Preseason é… Peyton Manning!
Nosso QB titular mostrou que continua em ótima forma, talvez até melhor que ano passado. Na verdade, ele teve o segundo melhor ano de sua carreira em 2012, e acredito que terá um ano ainda melhor em 2013. Com 11 passes certos em 16 tentados, para 163 jardas e 1 TD, ele será nossa principal arma, principalmente nos primeiros seis jogos da temporada.

O-Mau

O vencedor d’O Mau da segunda partida da Preseason é… nossa OL, pela segunda vez consecutiva!
Mais uma vez, nossos QBs levaram pressão. Foram 4 sacks em Osweiler, um fumble forçado nele, e sete QB hits.
Pra piorar, Chris Clark, com duas, e Vinston Painter combinaram para 3 faltas por formação ilegal. Painter é rookie, então seu erro é mais perdoável, mas Clark está no seu quinto ano na liga, e as duas faltas foram em jogadas consecutivas, a primeira anulando um Pass Interference que nos faria ganhar 15 jardas pelo menos, e a segunda nos fazendo recuar jardas. E pra piorar, logo após a segunda, ele reclamou acintosamente com a arbitragem, e fomos “presenteados” com mais 15 jardas.

O-Feio

O vencedor d’O Feio da segunda partida da Preseason é… Ronnie Hillman!
Além da performance pífia dele como RB, com média de 2,6 jardas por carregada, contando sua mais longa, de 7, ele cometeu dois fumbles. O primeiro deles, ele mesmo recuperou, então não foi prejudicial, mas o segundo foi na linha de meia jarda, foi retornado pra TD, e minou de vez os ânimos do time. Ele está em seu segundo ano da liga, e está apenas facilitando as coisas para que Montee Ball ganhe o posto de starter. Erros tolerados como rookie não são tão bem aceitos no segundo ano.

Well… With that said, that’s all, folks.
O jogo não foi bom, mas temos tudo pra melhorar. Ainda acredito numa temporada 19-0.

Go, Broncos!

Este post não necessariamente representa a opinião
do BroncosBrasil.com, mas unicamente de seu autor.

5 comentários

  • LH acho que as duas faltas seguidas foram do C. Clark e não do Franklin.
    Elas foram lá no segundo tempo do jogo… e acho que o Franklin já não estava mais em campo.
    Mas posso estar enganado tbm… não tenho certeza.

    • Corrigido. O que é bem pior, visto que ele tem dois anos a mais.

      • Acho melhor que o Clark erre que o Franklin. Pelo menos ele é reserva…. hauauhauh

  • Estou começando a ficar preocupado…. a OL parece que ainda não engrenou, ainda mais com os desfalques…. os RB não estão desenvolvendo um papel legal… e se OL não melhorar e os RB também não, pobre Peyton Manning….
    Tomara que John Fox cuide disso para a próxima partida. Mesmo que seja preseason. Porque o gosto da derrota é ruim demais, pelo placar que foi então nem diga.
    Flw galera.
    Go Broncos

  • Como disse no post do jogo no Facebook, eu esperava um jogo duríssimo. mas foi pior do que eu imaginei. Mas o "bom" (se é que pode se dizer assim) é que se for para perder, que percamos agora. Assim corrigimos os erros e entramos na regular season sem muita pressão (haja vista os comentários contestando o favoritismo do time, o que é bom no meu ponto de vista). Vamos com força que o Kickoff vem aí!

Deixe seu comentário


6 × = dezoito

Curta o BBr no Facebook

Aposta 10

Comentários +Recentes

Grupo do Facebook

Siga o BBr no Twitter