De torcedor para torcedor – Site não oficial

Rookies do Denver Broncos e seu desempenho

19/08/2013 - 10:15


rookies

Mesmo com as recentes contratações dos veteranos Dan Koppen, Ryan Lilja e Quentin Jammer no final de maio, a chave para se manter com chances de chegar ao Super Bowl e administrar o salary cap sempre será boas escolhas no draft, e desenvolver os rookies que chegam a cada ano. Afinal, apesar do excelente elenco que os Broncos montaram para esse ano, ainda estamos falando de um time que paga 33,4 % do salary cap para apenas 3 jogadores (Peyton Manning com US$ 17,5 milhões, Ryan Clady com US$ 12,6 milhões e US$ Champ Bailey com US$  11 milhões).

Por isso, é bom avaliar o desempenho e a evolução de nossos rookies de perto. Vamos então analisar como os draftados desse ano tem se saído até agora:

Sylvester Williams (DT) – O primeiro dos rookies draftados pelos Broncos para esta temporada teve um início lento devido à uma lesão sofrida no joelho, o que lhe custou alguns dias de treino, mas é bem claro que a equipe técnica tem planos para ele logo no início da temporada. Ele foi mais usado como backup de Terrance Knighton, na formação 4-3 base da nossa defesa.

Montee Ball (RB) – O segundo dos rookies escolhidos neste ano, Ball disse à mídia que tem decorado o playbook dos Broncos desde antes do training camp, e continua a fazê-lo em seu escasso tempo livre, desde o início da pré temporada. Ele já está no auge da rotação do jogo corrido – backup nº1 do titular Ronnie Hillman. Ele ainda não é capaz de superar a velocidade e habilidade para big plays de Hillman mas tem boa visão e pés ágeis, e tem se saído melhor do que alguns dos especialistas esperavam. Além disso, ele é maior e mais pesado que Hillman (Ball pesa 94 kg, contra 87kg de Hillman), o que pode torná-lo muito mais perigoso dentro da red zone. Mas ele ainda tem que evoluir na proteção ao passe para mostrar a que veio.

rookie

Q. Smith ainda se recupera de uma lesão no joelho.


Kayvon Webster (CB)
– O 3º dentre os rookies, tem mostrado nos treinos que é capaz de atingir grandes velocidades, e também que está disposto a melhorar na cobertura e na visão das jogadas. Porém, ele joga numa das posições mais difíceis de se conseguir a titularidade na equipe, cheia de nomes de peso neste departamento. No momento, temos Champ Bailey, Dominique Rodgers-Cromartie, Chris Harris, Tony Carter e Omar Bolden na frente de Webster para a posição de CB.

Quanterus Smith (DE) – Sendo o 4º dos rookies escolhidos no último draft, Smith voltou de cirurgia devido à uma lesão sofrida no 10º jogo da temporada passada pela equipe de Western Kentucky, o time vinha trabalhando o jogador num ritmo mais lento durante toda a offseason, mas os resultados agradaram. Tirando um treino em que Smith deixou os gramados por sentir dores no joelho, ele participou durante todo o training camp, e a equipe acredita que ele pode contribuir imediatamente nas formações de nickel e dime. Ainda é considerado como 3ª opção na posição, atrás de Robert Ayers e Shaun Phillips.

rookie

Zac está mostrando potencial para se manter no elenco de 53 jogadores.

 

Tavarres King (WR) - Se o 5º  dos rookies draftados  estivesse jogando em qualquer outro time da liga, King provavelmente já teria encontrado seu lugar ao sol, talvez até conquistando vaga como titular da posição. Acontece que ele foi draftado pelos Broncos, o que coloca ele no time com alguns dos melhores WR da liga atualmente, e isso pode dificultar um pouco as coisas para ele. Mesmo assim, o jogador tem demonstrado grande potencial. Uma lesão na coxa retardou um pouco seu treino durante a offseason, mas voltou para o training camp bastante saudável, e tem brigado para assegurar o 4º lugar na posição, principalmente se ele demonstrar algum valor no special team durante esta pré temporada.

Vinston Painter (T) -  Quando os Broncos selecionaram Painter como o 6º dos rookies este ano, viram um jogador atlético e com grande potencial. O que a equipe conseguiu foi um jogador que tem trabalhado constantemente para conseguir uma boa posição no depth chart, e tem chamado a atenção da equipe técnica, tanto pela necessidade gerada por algumas lesões, quanto pelo seu avanço, que tem superado a maioria das previsões. Mesmo assim, ele ainda não está preparado para o time principal. Quando Orlando Franklin se lesionou, os treinadores acharam melhor mover o veterano Louis Vasquez para a posição em um dos treinos, e Chris Clark no treino seguinte.

Zac Dysert (QB) - Estamos bem servidos na posição de QB, portanto não há pressa para a evolução do último dos rookies escolhido para a temporada, Zac Dysert. Ele tem demonstrado mobilidade e improvisação quando a linha ofensiva deixa um defensor avançar sobre ele, mas ainda precisa melhorar a precisão dos passes, especialmente passes curtos e intermediários. Mas acredita-se que, quando precisarmos de um QB, ele estará pronto.

 

Os Rookies Não-Draftados

Mesmo não tendo a mesma atenção da mídia que recebem os rookies escolhidos durante o draft, alguns destes jogadores podem se tornar promissores. Vamos ver os que tem se saído melhor:

rookie

C.J. Anderson vem impressionando na pré temporada.

O RB C.J. Anderson tem mostrado qualidade com a bola oval nas mãos, especialmente correndo entre os guards, e, se durante os treinos, tinha demonstrado falta de atenção às jogadas, parece que tem resolvido os problemas, depois da sua performance no primeiro jogo da pré-temporada.

O LB Lerentee McCray, mesmo tendo resultados pouco animadores no college (somente 25 tackles em 11 jogos como titular pelo Florida Gators, na temporada passada), tem mostrado a equipe grande evolução, o bastante para garantir o 3º lugar na posição, especialmente depois de todas as confusões que o excelente Von Miller tem aprontado.

O WR (e também retornador) Quincy McDuffle perdeu tempo de treino devido a uma lesão e tem poucas chances de conquistar uma vaga entre os 53 jogadores do rooster, mas mostrou eficiência em seus retornos. Mesmo que não seja capaz de roubar a vaga de Trindon Holliday como retornador principal, certamente o jogador chamou a atenção do time.

Você também pode analisar o desempenho de toda a equipe nos posts recentes – “Primeiras impressões do Denver Broncos para a temporada 2013″ e “[BMF] Preseason 1 – Denver @ San Francisco”

Este post não necessariamente representa a opinião
do BroncosBrasil.com, mas unicamente de seu autor.

5 comentários

  • Eu queria ver um pouco mais de ação do Quanterus Smith… porque a gente vai precisar de toda ajuda possível no pass-rush.

  • Alguma info do Derek Wolfe?

    • Os exames deram negativo, felizmente, mas ainda sem previsao de retorno. Vou postar sobre as lesoes ja ja…

      • Ele voltou com o avião do time depois do jogo., o que é sempre um bom sinal.

    • Pelo que li ontem ainda, a única lesão que a equipe técnica ainda não tinha se pronunciado e tranquilizado a torcida era a do Champ Bailey… SÓ… =x

Deixe seu comentário


+ cinco = 10

Curta o BBr no Facebook

Aposta 10

Comentários +Recentes

Grupo do Facebook

Siga o BBr no Twitter